Visto para investidor: entenda mais sobre

Algumas pessoas podem não saber, mas é possível morar em outro país com um visto para investidor. Esses programas para empresários e empreendedores garantem moradia em países como Alemanha, Estados Unidos, Portugal e Reino Unido, em troca de investimentos em negócios locais que geram emprego.  

A solicitação do visto de investidor envolve uma série de exigências e burocracias. Para garantir um processo ágil e eficiente, é imprescindível contar com o apoio de uma empresa especializada em imigração e uma com foco em tradução.

Afinal, por se tratar de um processo que envolve países estrangeiros, a documentação pode ser exigida em vários idiomas, requerendo, assim, o suporte de uma empresa de tradução, que oferece a mão de obra ideal para ajudá-lo com o visto para investidor. 

Como funciona o visto para investidor?

O visto para investidor funciona de maneiras diferentes, variando conforme cada país. Para entendermos melhor, vamos usar os EUA como exemplo, já que é um dos destinos mais solicitados. 

O EB-5, que é o visto de investidor norte-americano, é um dos mais solicitados na América Latina. Para termos ideia do quão popular ele é em nosso país, o Brasil se tornou líder de emissões nos últimos três anos, segundo dados da consultoria LCR. 

Para conseguir esse visto, é necessário investir ao menos US$ 500 mil (quase R$ 2 milhões, pelas cotações atuais do dólar) em um novo projeto ou em algum já existente nos EUA, especificamente em uma área onde há necessidade para tal (Target Employment Area) ou US$ 1 milhão em uma área de sua preferência.

O projeto deve gerar empregos para, pelo menos, 10 funcionários qualificados pelo governo norte-americano – postos estes que devem ser gerados e mantidos por dois anos.

Tenha em mente que, claro, é preciso comprovar a origem lícita do dinheiro a ser investido.

Visto para investidor: atenção com os documentos!

Antes de tirar o visto para investidor, é fundamental verificar quais documentos são necessários e quais requerem a tradução para o idioma desejado. 

Tenha em mente que, via de regra, todos os documentos devem ser traduzidos e precisam ser acompanhados de suas respectivas traduções juramentadas para serem considerados válidos no país de destino. 

Saiba que cada país tem suas próprias exigências no que se refere à aceitação de traduções juramentadas registradas no exterior. 

Porém, comumente as traduções juramentadas feitas por tradutores públicos brasileiros são aceitas nos países estrangeiros, desde que sejam feitas, claro, por um tradutor público ou tradutor juramentado, aprovado em concurso público e habilitado em um ou mais idiomas, além do português.

Como característica, a tradução juramentada é válida por prazo indeterminado, exclusivamente nos casos de documentos que não vencem ou não têm alterações ao longo do tempo. Ou seja, se você não alterar o documento original, a tradução juramentada equivalente não perderá sua validade.

Onde traduzir documentos?

A tradução de documentos é um procedimento obrigatório para conseguir o visto de investidor em outro país. Por isso, é fundamental escolher uma empresa profissional e com amplo know how e experiência. 

A Brazil Translations, por exemplo, tem ampla experiência e know how em tradução de documentos e tradução juramentada, realizando um serviço à altura das necessidades de cada cliente. 

Caso queira saber mais sobre a tradução de documentos para visto para investidor, entre em contato e solicite um orçamento. 

Este post tem 2 comentários

Comentários encerrados.