Tradutor juramentado e a sua relevância em diversos países

O tradutor juramentado é um profissional indispensável se você está pensando em sair do país. Seja para viagens a trabalho, um breve intercâmbio ou para moradia permanente, é necessário levar documentos que estejam no idioma do local de destino. Sendo assim, somente um especialista na área é capaz de lhe ajudar.

Também conhecido como tradutor de documentos, tem como função traduzir de registros oficiais para diversos idiomas partindo do português. Geralmente, é encontrado em empresas especializadas em tradução, oferecendo um serviço minucioso. Por isso, esse post falaremos sobre as vantagens de um tradutor juramentado e quais documentos necessitam deste serviço.

Importância de um tradutor juramentado

Contratar um tradutor juramentado se faz importante sempre que se exija a validação de documentos em outros idiomas. Neste caso, um profissional traduzirá seus registros de forma exímia, também respondendo pela veracidade deles. Sendo assim, a tradução não pode conter erros ou incoerências.

Ao contrário dos outros tipos de tradução, os documentos não podem ser traduzidos por profissionais não especializados. Por necessitarem de validação judicial, devem ser feitos com o auxílio de um tradutor juramentado. Além disso, ele precisa estar adequadamente autorizado pela Junta Comercial de seu Estado.

Optar pela contratação deste serviço irá trazer grande tranquilidade e segurança. Isso porque você terá a certeza de que o tradutor juramentado fará um trabalho objetivo e correto. Também será possível regulamentar situações ou ações ocorridas no exterior. No caso de casamentos, por exemplo, os papéis necessitam ter validade no Brasil também.

Tradutor juramentado e a sua relevância em diversos países

Documentos que requerem a tradução juramentada

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, há inúmeros documentos que necessitam de um tradutor. Ele é exigido sempre que for feita a entrada ou saída de algum país. Caso estejam em língua estrangeira, devem ser apresentados à Justiça brasileira com a tradução anexada. A seguir, confira alguns dos principais registros que necessitam de um tradutor juramentado:

  • Testamentos;
  • Sentenças;
  • Procurações;
  • Passaportes;
  • Manifestos;
  • Documentos de embarcações estrangeiras;
  • Autos de processos judiciais;
  • Contratos;
  • Certificados de origem;
  • Certidões de nascimento, casamento e de óbito;
  • Carteiras de habilitação;
  • Atas;
  • No caso de matrículas de escolas ou universidades, também é necessário apresentar históricos escolares e diplomas com tradução;
  • Para documentos de língua estrangeira no Brasil, há alguns Órgãos e repartições que exigem a tradução juramentada. 

Quais as exigências para ser um tradutor juramentado?

Para se tornar um tradutor juramentado, é necessário passar por um concurso e ter alguns requisitos obrigatórios. Portanto, se deve aprovado em um exame escrito de tradução, tanto no idioma de origem quanto no estrangeiro. Ademais, também precisa de aprovação em um exame oral.

Quanto às exigências, o candidato deve ter no mínimo 21 anos e ser um cidadão naturalizado no país. Ainda, deve possuir um ano no Estado no qual irá trabalhar e não ter em seu nome nenhum processo jurídico em andamento. Enfim, no caso dos homens, deve ter situação regularizada com o Serviço Militar.

Para continuar recebendo dicas e novidades sobre o segmento de tradução, basta acompanhar as postagens feitas aqui em nosso blog!

Deixe uma resposta