Tradução médica e a pandemia: entenda essa relação

Saiba qual o papel da tradução médica durante a pandemia

A pandemia do novo coronavírus afetou o planeta como um todo, exigindo um esforço conjunto entre todos os países em prol da preservação da vida humana. Por se tratar de um problema de saúde mundial, naturalmente a troca de informações, dados e pesquisas foi um pilar extremamente importante. Para que as barreiras linguísticas não fossem um problema, entrou, então, em cena a tradução médica. 

A tradução médica se fez, e ainda se faz presente em diversos momentos da pandemia, desde a divulgação de dados e estatísticas do vírus e sua propagação, até a divulgação de pesquisas relacionadas à vacina, que foi criada em diversos lugares do mundo e entregue a vários países, tal qual o Brasil. 

A importância da tradução médica durante a pandemia 

O papel da tradução durante a pandemia tem relação intrínseca com a propagação de novos dados e informações relevantes acerca do coronavírus. 

Tradução médica e a pandemia: entenda essa relação

Isso porque a tradução médica foi responsável por tornar acessível dados relevantes. 

Por exemplo, no Brasil, uma das primeiras parcerias firmadas pela vacina contra o coronavírus foi feita em conjunto entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac (CoronaVac).

Para a liberação da vacina chinesa, foi preciso solicitar um pedido de registro definitivo junto à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), através de um processo extremamente minucioso e profissional.

Os profissionais especializados da Anvisa ficaram encarregados de revisar todos os documentos técnicos e regulatórios, de maneira a verificar os dados de segurança e eficácia, determinando a qualidade da vacina. 

Toda a documentação oriunda da China necessitou de tradução para o português para que, dessa forma, a agência regulatória do país pudesse aprovar o registro definitivo ou emergencial da vacina. 

O papel da tradução médica

A tradução médica se difere das traduções mais “comuns”, como as simples e as juramentadas, pelo fato de ter que lidar com terminologias únicas da área. 

Assim como qualquer tradução, deve-se buscar sempre a equivalência dos termos. Entretanto, na área medicinal e científica, a dificuldade é muito maior, assim como a responsabilidade na precisão dos termos e palavras. 

O profissional responsável pela tradução precisa, então, ter conhecimento aprofundado em traduções médicas e farmacêuticas, dominando termos e palavras específicas nos idiomas de origem e de destino. 

Ou seja, trata-se de um serviço de adaptação linguística extremamente difícil, que requer profissionais altamente capacitados e preparados para traduzir o conteúdo.

Tradução juramentada e a tradução médica

Além da tradução médica, em muitos casos é importante que o documento esteja acompanhado de sua respectiva tradução juramentada, a fim de que seja aceito de forma oficial no país. 

Quando falamos de territórios estrangeiros, a legislação do local de destino é quem determinará se as traduções feitas por tradutores juramentados brasileiros serão válidas. 

A importância da tradução médica na pandemia

Entendendo mais sobre a tradução médica e a pandemia, sem dúvida fica mais fácil compreender a relação de ambos em prol de um mundo mais globalizado, sem barreiras linguísticas que possam impedir o avanço da medicina no planeta. 

Gostou do artigo? Então, se quiser ler mais artigos como este, acompanhe o blog da Brazil Translations. Até a próxima!

Este post tem 2 comentários

Comentários encerrados.