Quais são as línguas mais complicadas de aprender

Aprender um novo idioma é sempre um momento especial. O contato com uma nova língua, uma nova cultura, é sempre algo enriquecedor, em que cada etapa de aprendizado representa uma conquista, uma evolução. Definitivamente é muito comum encontrar pessoas perguntando quais são as línguas mais complicadas de aprender, sobretudo por conta do receio de encontrar dificuldades. 

Quais são as línguas mais complicadas de aprender

Fato é que aprender qualquer idioma é uma tarefa “difícil”, pois demanda tempo, empenho e vontade.

É importante saber, porém, que existem aquelas línguas que, por não serem originadas do latim, como nosso português, não possuem muitas semelhanças com nosso idioma, tornando o aprendizado mais complicado. 

Espanhol, português, italiano, francês e romeno estão entre os idiomas oriundos do latim que são de “fácil” aprendizado. Em contrapartida, podemos dizer que as línguas mais complicadas de aprender, para um brasileiro, sem dúvida são as que não possuem relação com o latim

Então, confira abaixo as línguas mais difíceis de aprender.

Japonês

Com certeza o japonês está entre os idiomas que vêm à nossa mente no momento em que pensamos quais são as línguas mais complicadas de aprender, não é mesmo?

Com 127 milhões de falantes nativos, o japonês é um idioma que, como muitos sabem, tem seu alfabeto totalmente composto por ideogramas. 

Quais são as línguas mais complicadas de aprender

A escrita do idioma japonês é composta pelo Katakana, Kanji e Hiragana, dois silabários com mais de 40 caracteres cada, que juntos são conhecidos como Kana. Isto é, se quiser ter fluência no idioma, terá que aprender mais de 10 mil caracteres ao todo

Os textos aparecem de duas formas: estilo ocidental, em linhas horizontais; e formato tradicional, com colunas verticais de cima para baixo da página, do lado direito para o esquerdo. 

Além do aspecto gramatical, o japonês é uma língua tonal. Ou seja, o significado das palavras pode variar conforme a entonação e até mesmo o contexto, chegando a mais de 50 sons que precisam ser memorizados. 

Com certeza, só de ler essas informações, fica fácil entender a razão de ser complicado aprender o japonês. 

Russo

O russo está, claro, entre as línguas mais difíceis de aprender, sobretudo por fazer parte da família eslava, assim como o polonês, ucraniano, búlgaro e eslovacos, por exemplo.  

Outra característica que torna o russo ainda mais complicado está relacionado ao uso do alfabeto cirílico. 

Assim como o japonês, um dos fatores que faz desse idioma extremamente complicado é a falta de semelhança com o português

São 33 letras (10 vogais, 21 consoantes e 2 sinais [ь, ъ]), cuja grafia está longe de ser parecida com a latina/românica.

Inclusive, esses dois sinais sequer possuem sonoridade, uma vez que servem somente paras indicar a pronúncia, sendo ela suave ou dura.

Portanto, podemos dizer que há diversas formas de se falar cada letra, variando conforme a sonoridade, seja ela aberta, dura ou suave. Em outras palavras, no russo, um som levemente diferente pode dar um significado completamente distinto para a palavra.

Quais são as línguas mais complicadas de aprender
Alfabeto russo

Coreano

O coreano, bem como o japonês, apresenta um grande grau de dificuldade quanto ao seu aprendizado, sobretudo por ser uma língua tonal

Com mais de 71 milhões de nativos falantes, o coreano é uma língua isolada e conta com alfabeto hangul. 

Definitivamente o alfabeto coreano é complicado de aprender, apesar de ser mais fácil que o japonês. O sistema de escrita é o Hangul, e é composto por uma série de símbolos que consistem em 24 letras, sendo 14 consoantes e 10 vogais. 

Além disso, a combinação de todas essas letras acaba gerando cinco consoantes duplas e 11 ditongos. 

Para um falante de um idioma oriundo do latim, aprender o coreano com certeza não será uma tarefa fácil. 

Línguas mais complicadas de aprender: missão quase impossível

Agora que conhece três da mais difíceis línguas para aprender, fica fácil entender o porquê que muitas pessoas passam longe desses idiomas. 

Vale mencionar brevemente também alguns outros idiomas complicados, como mandarim (chinês), vietnamita, árabe, finlandês e tailandês. 

Para mais conteúdo como este, fique ligado no blog da Brazil Translations. Até a próxima!

Este post tem um comentário

Comentários encerrados.