Pronúncias erradas mais comuns

Quando aprendemos um novo idioma, independentemente da língua escolhida, a chance de pronunciarmos palavras e frases da maneira errada é muito grande. Isso se deve ao fato de que estamos lidando com uma nova estrutura linguística, novos movimentos com a língua, de modo a produzir sons que não usamos em nosso dia a dia. Todo esse novo conceito de sons e palavras naturalmente gera pronúncias erradas. 

Contudo, fique tranquilo, pronunciar errado algumas palavras é algo natural e inerente no processo de aprendizado de um novo idioma. Somente com bastante treinamento e estudo é possível atingir um bom nível de pronúncia. 

Por isso, pensando em ajudá-los, listamos algumas das pronúncias erradas mais comuns em diferentes línguas.  

Pronúncias erradas no inglês

Engana-se quem pensa que o inglês é uma língua muito fácil de aprender. Sem o devido treinamento e aprendizado, algumas frases podem gerar bastante desconforto no momento em que vamos pronunciá-las. 

Um dos exemplos mais comuns de erros na pronúncia é dizer o “R” como “H”. 

Pronúncias erradas mais comuns

Ao falarmos o “R” em inglês com a pronúncia do português, um nativo de língua inglesa irá entender como “H”, gerando uma confusão ao se comunicar. 

Vamos a um exemplo prático: se um brasileiro diz a palavra “Right” (certo/direita) com pronúncia e sotaque do português, muito provavelmente o nativo de língua inglesa vai entender “Height” (altura).

Outra pronúncia errada muito comum no inglês tem relação com o “B” mudo. 

Existem inúmeras palavras no inglês com letras mudas. Isto é, letras que são escritas, mas que não são pronunciadas pelos nativos da língua. 

Uma regrinha muito comum e de fácil entendimento é que, quando “B” e “M” estão juntos no final de uma palavra, pronuncia-se somente o “M”.  Veja alguns exemplos: bom(b), clim(b), e num(b).

Um estudante que não conhece essa regra ou que não tem muita afinidade com a língua inglesa provavelmente irá dizer equivocadamente bomBI, climBI e numBI.

Essa regra vale também quando B e T estão juntos, como nas palavras de(b)t, su(b)tle, dou(b)t, entre outras. 

Pronunciando o “TH”

Falarmos de pronúncias erradas mais comuns no inglês e não citar o famoso “TH” seria um erro. Para um brasileiro, a pronúncia adequada do “TH” pode ser bem difícil, pois é um som que não fazemos em nosso dia a dia. 

Para produzir o som desse dígrafo corretamente, é necessário colocar a ponta da língua nos dentes superiores

Caso não pronuncie da maneira certa, palavras como think (pensar), thank (agradecer) e thick (grosso) podem sair como som de F ou até mesmo T. 

Pronúncias erradas mais comuns no espanhol

O conhecido “portunhol” não é muito eficiente e adequado para quem busca atingir um nível avançado e fluente na língua espanhola. 

Por isso, aprender quais são as pronúncias certas é fundamental para ser entendido. 

Dentre os erros mais comuns, destaca-se o uso errado do “LL”.

Via de regra, o “LL” tende a ser pronunciado como um dj. Por exemplo, a palavra llámame se pronuncia como “djamáme”. 

Contudo, em países como Uruguai, Argentina e Chile, a pronúncia do “LL” varia entre j (“jamáme”) e ch (“chamáme”). Na Espanha, em contrapartida, o som do dígrafo “LL” se assemelha ao “Y” (“yamáme”). 

No caso do espanhol, aprender a pronúncia de um sotaque específico é o suficiente, uma vez que existem inúmeras variações, e  aprender todas seria quase impossível. Apenas se certifique de deixar de lado o portunhol. 

Italiano: conheça as pronúncias erradas mais populares

O italiano é uma língua cuja pronúncia de algumas palavras se assemelha muito ao nosso português e ao espanhol. 

Atente-se, porém, às palavras italianas cuja pronúncia não usamos em nosso dia a dia, pois são elas as que geram mais dificuldades. 

Confira a forma de pronunciar algumas das sílabas mais comuns no italiano:

Ci = Tchi          Che = Que      Sce = Xê      Ccio = tchô

Ce = Tche        Chi =  Qui       Ghi = Gui      Schia = Xa

Importante ressaltar que, como em muitos idiomas, existem variações quanto à pronúncia mais adequada. A melhor forma de aprender é escutar muito, a fim de assimilar a pronúncia correta de cada palavra

Agora que conhece mais sobre as pronúncias erradas mais comuns em línguas como inglês, espanhol e italiano, fica mais fácil entender a importância de investir em cursos e aulas de idiomas. 

Para ler mais artigos como este, acompanhe o blog da Brazil Translations

Este post tem um comentário

Comentários encerrados.