O que é transcriação?

O nicho linguístico é sempre muito rico e amplo. Afinal, quando falamos em idiomas, estamos também falando sobre hábitos, gírias, culturas e modos de pensar diferentes. Justamente pensando na pluralidade relacionada às línguas é que surgiu o conceito de transcriação. 

Conhecido também como tradução criativa, a transcriação surgiu justamente para estabelecer novos parâmetros na tradução, indo além do que conhecemos. 

Isto é, a transcriação não traduz pura e simplesmente termos, palavras e frases. Esse tipo de serviço tem como foco ir além da equivalência direta, analisando diversos fatores importantes para uma tradução plena e eficiente. 

Afinal, o que é transcriação e qual seu objetivo? 

A tradução criativa, como o nome sugere, busca sair do senso comum no momento em que realiza uma adaptação linguística, sobretudo no âmbito empresarial, comercial e áreas que envolvem o marketing. 

O que é transcriação?

Portanto, na transcriação é preciso adaptar elementos diferentes do usual, como jogos de palavras, imagens, ideias, expressões idiomáticas e muito mais. 

O objetivo da transcriação é causar em outro idioma o mesmo impacto gerado no idioma de origem

Diferenças entre transcriação, tradução e localização dentro dos serviços linguísticos

A tradução, a localização e a tradução criativa contam com especificidades que os diferem uns dos outros. 

Por isso, abordaremos quais são as principais diferenças entre esses tipos de serviços, de maneira a compreender melhor o conceito da transcriação, bem como sua aplicação de maneira prática. 

Tradução

A tradução é um serviço “simples” e objetivo. Isto é, sua função é traduzir palavras de um idioma para o outro, sem levar tanto em consideração aspectos culturais e locais. 

Esse tipo de serviço linguístico é muito usado para traduzir textos dos mais diversos tipos (artigos, matérias, notícias, entrevistas).

Saiba, porém, que dentro da tradução simples ainda é necessário interpretar o texto de origem, mas com muito menos ajustes profundos relacionados ao aspecto cultural.

Localização

A localização é considerado um serviço mais profundo de tradução. Podemos ver conteúdos localizados em filmes, séries, show de comédia e livros, por exemplo. 

Nas obras originais é possível que surjam temas específicos que somente o público-alvo do país de origem da obra poderia entender

Quando o conteúdo é levado para outro país, é preciso realizar uma tradução voltada ao contexto cultural e linguístico de um determinado mercado ou região.

Ou seja, a tradução com foco na localização adota uma abordagem mais conceitual, visando entregar um produto mais digerível para o público que receberá o conteúdo. 

Transcriação

Na transcriação, o objetivo é traduzir determinado conteúdo deixando de lado questões semânticas. Busca-se, em contrapartida, uma equivalência criativa de termos e expressões. 

Podemos dizer que a tradução criativa consiste em traduzir uma mensagem – não apenas um texto –  criada em um idioma, de maneira a transportá-la para outra língua. 

Esse tipo de trabalho é muito comum nas indústrias de entretenimento e publicidade, sendo considerado um pilar dentro de uma estratégia de marketing global de uma marca, por exemplo.

Transcriação exemplo

Para entender melhor como a transcriação funciona, vamos a um exemplo prático. 

O McDonalds, a maior rede de fast food do mundo, tem como slogan a frase i’m lovin it. Em uma tradução pura e simples, ficaria algo como “estou adorando”. Já levando em conta aspectos culturais, a tradução poderia representar algo como “gosto tanto”.

Contudo, no português, a equipe de marketing da rede de fast food teve que realizar um tradução criativa, para que dessa forma a mensagem fosse a mesma, ainda que com outras palavras. O resultado foi o slogan de sucesso “amo muito tudo isso”. 

Podemos dizer, portanto, que a transcriação preserva a intenção e o tom do texto. 

Gostou deste artigo? Acompanhe, então, o blog da Brazil Translations para ler mais conteúdo como este. 

Este post tem um comentário

Comentários encerrados.