Interpretação remota proporciona modernidade para tradução

A interpretação remota tem sido considerada um dos maiores avanços tecnológicos dentro do mundo da tradução. E isso se intensificou ainda mais após a pandemia da Covid-19, que determinou medidas como o isolamento social generalizado. Afinal, a comunicação é crucial para o câmbio de alimentos, saúde e outros serviços.

Diversos setores do mercado estão tendo que encontrar novas formas de gerar valor ao seu trabalho. E com os serviços de tradução não poderia ser diferente. Assim, o setor de interpretação remota ou à distância tem crescido cada vez mais. No post de hoje, iremos falar sobre o que é e como funciona essa nova forma de traduzir.

O que é a interpretação remota?

A interpretação remota acontece quando o intérprete não está no mesmo lugar onde está ocorrendo o evento. É assim que ela é definida pela Associação Internacional de Intérpretes de Conferências (AIIC). Ou seja, costuma ser feita à distância dos palestrantes e do público que a escutam. 

Por essa razão, pode acontecer nos mais diferentes formatos. Se tornou possível, por exemplo, pessoas que não falam a mesma língua se reunirem via satélite ou Skype. Também estão sendo feitas conferências via webcasting. Ou, ainda, o intérprete estar no local da entrevista, mas seus ouvintes estarem espalhados pelo mundo.

Isso tudo é possível devido aos inúmeros avanços tecnológicos que passamos. E, com adaptações, a interpretação remota está sendo amplamente utilizada. Um bom exemplo para isso, além do mundo corporativo, são os eventos esportivos. Com isso, grandes coberturas de Copas do Mundo são feitas dessa forma há um bom tempo.

Interpretação remota proporciona modernidade para tradução

Entendendo como funciona essa forma de tradução

Diferentemente da tradução simultânea que recorre à uma série de equipamentos, a interpretação remota é prática. Isso quer dizer que dispensa cabines de tradução e outros grandes apetrechos. Ao contrário disso usa computadores portáteis, tablets e auscultadores de radiofrequência.

Por meio de diversas possibilidades de aplicativos, ela é capaz de estabelecer uma comunicação estável e clara. Assim, é ideal para inúmeros eventos como seminários, debates, conferências de imprensa e reuniões administrativas. Além disso, destaca-se como uma das vantagens desse serviço a privacidade dos participantes. Afinal, nem todos se sentem confortáveis ao não conhecer um idioma.

Muitos questionam sobre a segurança da interpretação remota. Isso porque, ao contrário das outras, ela é feita inteiramente na internet. No entanto, há softwares muito inteligentes que possibilitam a encriptação de dados. Também podem perceber quando algo está sendo gravado e/ou arquivado com facilidade.

Por essa razão, não restam dúvidas de que a interpretação remota veio para ficar. Em tempos em que precisamos nos adaptar e encontrar novas formas de desempenhar atividades, essa pode ser uma saída estratégica. Sendo assim, está se estabelecendo como mais uma oportunidade para empresas se inserirem no meio digital. 

Gostou de tudo o que leu até aqui? Então não deixe de nos contar o que achou em nossos comentários! Para continuar recebendo dicas e novidades sobre o universo da tradução, basta acompanhar as postagens feitas aqui em nosso blog.