Hydro Alunorte anuncia suspensão de 100% das atividades em Barcarena e Paragominas

A refinaria de alumina Hydro Alunorte anunciou nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (3) que suspenderá temporariamente 100% de sua operação nos municípios de Barcarena e Paragominas, no Pará. A Alunorte está operando com 50% de produção desde março, após ser denunciada pelo despejo irregular de resíduos em rios e igarapés, causando danos ao meio ambiente e à população local.

Os incidentes ocorreram nas dependências da Hydro Alunorte nos dias 16 e 17 de fevereiro. Chovia bastante na época e a empresa decidiu despejar efluentes não tratados no leito do rio Pará para diminuir a pressão e o volume de água de chuva sobre o Bacia de Rejeitos (DRS 1).

Segundo a empresa, a decisão de suspender as operações foi tomada após verificar que a área de depósito de resíduos de bauxita 1 (DRS1) está próxima de atingir sua capacidade. A Hydro atribui isso ao embargo, que impediria o uso do filtro prensa e da recém-desenvolvida área de depósito de resíduos de bauxita (DRS2), que representam um investimento de mais de R$ 1 bilhão.

Ainda segundo a Hydro, devido ao embargo, a refinaria foi forçada a operar apenas o DRS1, que foi originalmente planejado para ser encerrado. O tempo útil do DRS1 está chegando ao fim mais rápido do que o previsto, fazendo com que a Alunorte suspenda suas operações.

Fonte: G1

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *